Selecione a página

Petra – A Icônica Cidade da Jordânia

Petra – A Icônica Cidade da Jordânia

Petra, uma das cidades mais icônicas do mundo, situa-se no sul da Jordânia. Fundada provavelmente no século IV a.C. pelos nabateus, um povo árabe nômade, Petra tornou-se uma metrópole próspera e um importante centro de comércio. Sua localização estratégica entre as rotas comerciais que ligavam o Mediterrâneo ao Mar Vermelho e à Arábia contribuiu para seu desenvolvimento e riqueza.

A Ascensão de Petra

Durante o auge do Reino Nabateu, entre o século I a.C. e o século I d.C., Petra floresceu como um centro comercial. Os nabateus eram mestres em controlar e distribuir água, o que permitiu a agricultura e a sobrevivência em uma região árida. Construtores habilidosos esculpiram edifícios monumentais diretamente nas falésias de arenito rosa, criando a famosa arquitetura da cidade esculpida que ainda hoje impressiona os visitantes.

Petra é famosa por sua impressionante arquitetura esculpida na rocha. O edifício mais conhecido é o Al-Khazneh (O Tesouro), uma estrutura magnífica que se acredita ter sido um mausoléu real. Outras construções notáveis incluem o Mosteiro (Ad-Deir), o Teatro Romano e várias tumbas reais. Essas estruturas destacam a habilidade e a engenhosidade dos nabateus em esculpir e construir com precisão e beleza.

Com o tempo, Petra entrou em declínio devido a mudanças nas rotas comerciais e terremotos que danificaram a infraestrutura da cidade. Eventualmente, a cidade foi abandonada e ficou esquecida pelo mundo ocidental por séculos. Contudo, em 1812, o explorador suíço Johann Ludwig Burckhardt redescobriu Petra, trazendo-a de volta à atenção global.

Patrimônio Mundial da UNESCO

Reconhecendo sua importância histórica e cultural, a UNESCO designou Petra como Patrimônio Mundial em 1985. Este reconhecimento ajudou a proteger e conservar o sítio, além de aumentar o turismo na região. Hoje, a icônica cidade é uma das atrações turísticas mais visitadas do Oriente Médio, recebendo milhares de visitantes anualmente que vêm para admirar sua beleza e história.

A cidade de Petra teve um impacto cultural significativo ao longo dos séculos. Além de sua importância histórica, Petra inspirou obras de arte, cinema e literatura. Filmes como “Indiana Jones e a Última Cruzada” ajudaram a popularizar ainda mais a cidade, apresentando suas estruturas icônicas a uma audiência global. Além disso, a cidade continua a ser um símbolo de engenhosidade e beleza arquitetônica.

Petra também é um sítio arqueológico de extrema importância. Escavações contínuas revelam novos aspectos sobre a vida dos nabateus, suas práticas culturais e econômicas. Descobertas como utensílios domésticos, moedas e inscrições oferecem uma visão mais detalhada da vida cotidiana e da organização social na antiga cidade.

Referências
Browning, Iain. Pe.tra. London: Chatto & Windus, 1973.
Keller, Werner. The Bible as History. Bantam, 1982.
Paradise, Thomas R. “Pe.tra Revisited: The Remote, Unrivalled Red City.” National Geographic, vol. 221, no. 2, 2012, pp. 118-137.
Schmid, Stephan G. “The Nabataeans: Travellers between Lifestyles.” Near Eastern Archaeology, vol. 65, no. 4, 2002, pp. 227-243.
Taylor, Jane. Pe.tra and the Lost Kingdom of the Nabataeans. I.B. Tauris, 2001.
Avalie!

Publicidade