Selecione a página

Patch Adams – O Doutor Alegria

Patch Adams – O Doutor Alegria

Patch Adams, nascido em 28 de maio de 1945, é um médico famoso por acreditar que a amizade, o amor e o humor são os melhores remédios. Ele foi imortalizado no filme de 1998 estrelado por Robin Williams.

o pai, que lutava na Guerra da Coreia. Depois dessa perda, sua família mudou-se para os Estados Unidos. Lá, Hunter enfrentou perseguições e bullying na escola. Isso resultou em várias tentativas de suicídio.

Devido ao comportamento suicida, sua família o internou em uma instituição. Após três internações, Hunter decidiu mudar sua vida. Na década de 60, ele cursou pré-medicina na Universidade George Washington. Nesse período, perdeu um amigo assassinado. No filme, essa perda é retratada como a morte de uma namorada.

A carreira como médico

Patch Adams - Foto: Sarvodaya Shramadana

Patch Adams – Foto: Sarvodaya Shramadana

Enquanto estudava medicina na Virginia University, Patch, alguns amigos e Linda Edquist, conhecida durante um estágio, fundaram o Instituto Gesundheit. Esse instituto oferecia atendimento gratuito para comunidades. Em 1971, Hunter formou-se médico pela Virginia Commonwealth University. Patch Adams e Linda se casaram em 1975 e tiveram dois filhos.

Durante sua carreira, Patch Adams sempre acreditou que a saúde dos pacientes está ligada ao carinho, amor, atenção e humor. Além disso, ele acreditava que a saúde deveria ser acessível a todos. Seguindo essa filosofia, dedicou-se a criar centros de estudo, clínicas e hospitais alternativos e acessíveis. Em reconhecimento, recebeu o Peace Abbey Courage of Conscience Award em 29 de janeiro de 1997. Sua vida inspirou um filme.

“Hollywood queria vender ingressos. Assim, enfatizaram o meu esforço em abrir o único ‘hospital maluco’ da história. Mas deixaram de lado o fato de que eu falo de um país que se recusa a cuidar de 50 milhões de pessoas porque são pobres. Ignoraram o fato de que eu luto por uma medicina gratuita. Fiz o filme porque não consegui arrecadar dinheiro durante 28 anos para erguer o que seria o único hospital modelo do mundo. Por ser um hospital tão radical, ninguém quis me ajudar”. – Dr. Patch Adams, 2007

A inspiração de Patch Adams para o filme estrelado por Robin Williams

Patch Adams

Patch Adams

Embora aclamado mundialmente, Patch Adams criticou o filme. Ele afirmou que o filme não representava suas verdadeiras convicções. O filme focava apenas no aspecto cômico de sua personalidade. Patch também criticou Robin Williams por não doar parte dos lucros do filme para sua causa.

“A Universal Studios prometeu erguer nosso hospital. O filme rendeu mais de 400 milhões de dólares. Ninguém ligado ao filme veio me dar nem 1 dólar. O filme me ajudou a ganhar mais pelas minhas apresentações. Antes do filme, eu recebia 300 mil dólares por ano. Depois do filme, um milhão de dólares por ano. Não guardo dinheiro. Escolhi não possuir nada. Dou todo o dinheiro para podermos fazer mais.” – Dr. Patch Adams, 2007

Referências:
STOUT, David. “Doctor in a Clown Suit Battles Ills of His Profession”. The New York Timas, 1998.
MARSH, Jason. “Playing Doctor. University of California, Berkeley, 2008.
Avalie!

Publicidade