Selecione a página

A Ascensão da Lua em Los Angeles

A Ascensão da Lua em Los Angeles

No início de abril de 2013, o fotógrafo Dan-Marker Moore fez um registro magnífico da ascensão da lua no céu de Los Angeles. Durante vinte e sete minutos e cinquenta e nove segundos, Dan tirou uma série de fotos da lua. Como resultado, ele criou três peças finais diferentes. Primeiramente, ele reuniu todas as fotografias em um time-lapse. O resultado mostra várias distâncias da lua em diferentes tons em um único quadro. A lua aparece alaranjada ao surgir no horizonte e prateada à medida que sobe no céu.

O fênomeno de ancensão da lua

A ascensão da lua é o fenômeno pelo qual a lua parece subir no horizonte terrestre. Isso ocorre devido à rotação da Terra em seu eixo. A lua não emite luz própria; ela reflete a luz do sol, e sua posição aparente no céu muda conforme a Terra gira. Como resultado, a lua parece nascer no leste e se pôr no oeste. Esse movimento aparente é um reflexo da rotação da Terra, que completa uma volta a cada 24 horas.

O tempo exato de ascensão da lua varia diariamente, pois a lua orbita a Terra a cada 27,3 dias. Esta órbita faz com que a lua nasça cerca de 50 minutos mais tarde a cada dia. Além disso, a inclinação da órbita da lua em relação ao equador da Terra causa variações sazonais na posição da lua no céu.

Selene, o nome real da lua

O nome real da lua é “Selene,” que vem da mitologia grega. Selene era a deusa da lua, filha dos titãs Hipérion e Teia, e irmã de Hélios (o deus do sol) e Eos (a deusa da aurora). Na mitologia romana, a deusa da lua é chamada de “Luna,” e ambas as culturas antigas personificavam a lua como uma deidade feminina.

O nome “Selene” não é amplamente utilizado no mundo moderno, vez que a palavra “lua” é simples e universal. Em muitas línguas, a palavra para a lua é curta e fácil de pronunciar, tornando-a mais prática para o uso diário. Além disso, enquanto “Selene” é um nome específico da mitologia grega, outras culturas têm seus próprios nomes e histórias, como “Chandra” na mitologia hindu e “Tsukuyomi” na mitologia japonesa. Na ciência e na astronomia, o termo “lua” é utilizado para descrever qualquer satélite natural de um planeta. Assim, o termo “a Lua” (com “L” maiúsculo) é usado para especificar o satélite natural da Terra, diferenciando-o de outras luas em nosso sistema solar.

 

Foto: Dan Marker Moore
Referências:
“The Moon’s Motion.” NASA, 2023.
“Lunar Phases and Eclipses.” University of Texas, 2023, https://www.as.utexas.edu/astronomy/education/spring06/s3/HW5phases.pdf
“Understanding the Phases of the Moon.” American Astronomical Society, 2023.
Burkert, Walter. Greek Religion. Harvard University Press, 1985.
“Selene.” Encyclopædia Britannica, Encyclopædia Britannica, Inc., 2023, www.britannica.com/topic/Selene.
Zvereva, Vera. Lunar Deities and Their Significance in Mythology. Journal of Cultural Studies, 2020.