Selecione a página

Dia dos Pais – Origem da Data Comemorativa no Brasil e Mundo

Dia dos Pais – Origem da Data Comemorativa no Brasil e Mundo

Dia dos Pais: ao lado esquerdo, Sonora Dodd, “criadora” do Dia dos Pais. Ao lado direito está seu pai, William Smart, inspiração para a criação da data comemorativa.

Origem do Dia dos Pais

A origem do Dia dos Pais remonta aos Estados Unidos no início do século XX. A ideia foi promovida por Sonora Smart Dodd, que desejava homenagear seu pai, um veterano da Guerra Civil que cuidou sozinho de seis filhos após a morte de sua esposa. Inspirada pelo recém estabelecido Dia das Mães, Dodd propôs a criação de uma data para celebrar os pais e seu papel na família. O primeiro Dia dos Pais foi comemorado em Spokane, Washington, em 19 de junho de 1910. Contudo, foi apenas em 1972 que o presidente Richard Nixon oficializou a data como um feriado nacional, estabelecendo o terceiro domingo de junho como o Dia dos Pais nos Estados Unidos. A celebração se espalhou globalmente, com diferentes países adotando a data de acordo com suas próprias tradições culturais.

Comemoração do Dia dos Pais no Brasil

No Brasil, o Dia dos Pais é comemorado no segundo domingo de agosto, uma tradição que começou em 1953. A data foi introduzida por Sylvio Bhering, o então diretor do jornal “O Globo”, inspirado pelo sucesso comercial do Dia das Mães. A celebração visa homenagear a figura paterna, destacando seu papel na família e na sociedade. Durante esse dia, é comum que famílias se reúnam para almoços especiais e trocas de presentes, refletindo o apreço e a gratidão pelos pais. A escolha do segundo domingo de agosto alinha-se com a celebração de São Joaquim, pai da Virgem Maria, reforçando o aspecto cultural e religioso da data no contexto brasileiro.

Comemoração da data em outros países

A comemoração do Dia dos Pais varia significativamente ao redor do mundo, com algumas culturas celebrando de maneiras únicas e em datas distintas do padrão habitual. Na Tailândia, o Dia dos Pais é celebrado em 5 de dezembro, que coincide com o aniversário do falecido Rei Bhumibol Adulyadej, considerado o “Pai da Nação”. Durante essa data, tailandeses vestem roupas amarelas em homenagem ao rei e participam de cerimônias públicas que incluem discursos, apresentações culturais e atos de caridade.

Na Rússia, o Dia dos Pais é celebrado em 23 de fevereiro como parte do “Dia do Defensor da Pátria”, onde homens são homenageados não apenas como pais, mas também como protetores da nação, com desfiles militares e eventos patrióticos. No Nepal, a celebração conhecida como “Gokarna Aunsi” ocorre de acordo com o calendário lunar hindu, e durante essa data, filhos prestam respeito aos pais vivos e falecidos através de rituais e oferendas em templos específicos.

Referências
Cohen, Warren I. America in the Age of Soviet Power, 1945-1991. Cambridge University Press, 1993.
Douglas, Susan J. The Mommy Myth: The Idealization of Motherhood and How It Has Undermined Women. Free Press, 2004.
Jenkins, Philip. A History of the United States. Palgrave Macmillan, 2007.
Pleck, Joseph H. Celebrating the Family: Ethnicity, Consumer Culture, and Family Rituals. Harvard University Press, 2000.
FERNANDES, Cláudio. “História do Dia dos Pais”; Brasil Escola.
Baber, Zaheer. The Science of Empire: Scientific Knowledge, Civilization, and Colonial Rule in India. State University of New York Press, 1996.
Crews, Robert D. For Prophet and Tsar: Islam and Empire in Russia and Central Asia. Harvard University Press, 2006.
Mulder, Niels. Inside Thai Society: Religion, Everyday Life, Change. Silkworm Books, 1996.
Wheeler, Tony. Nepal. Lonely Planet, 2009.
Avalie!

Publicidade